Cursos, Palestras,diálogos
Educarse Cursos Educarse Cursos Educarse Cursos Educarse Cursos

A proposta de a Educar-se é oferece acesso à diferentes culturas, com enfoque na cultural oriental, de forma simples e criativa em um ambiente amigável e interativo.
Oferece cursos livres e palestras nas áreas de Letras, Ciências da Religião, Ciências Sociais, Filosofia, História entre outras, com a participação de especialistas, mestres e doutores de renomadas instituições de ensino do Brasil e do exterior.
Nossos cursos de Chinês, Japonês e Coreano trazem além da gramática e conversação temas focados na cultura de cada país.

Educarse - china imagem
Educarse
Titulo - Cursos e Palestras
curso regular
Aprenda a Ler e Escrever - Inscrições abertas...
com Maria de Lourdes dos Santos
curta duração
CELPE-BRAS - CURSO PREPARATÓRIO PARA O EXAME...
com Maria de Lourdes dos Santos
curso regular
Coreano - Módulo I - Inscrições Abertas...
com
curso regular
Coreano - Módulo II - Inscrições abertas...
com
curso regular
Coreano Módulo III - Inscrições abertas...
com
curso regular
Curso de Mandarim (Chinês) - Módulos I ...
com
curso regular
Curso de Mandarim - Módulo III...
com
curso regular
Japonês Módulo I - Inscrições abertas...
com Maria de Lourdes dos Santos
curta duração
Português como Liíngua Estrangeira (PLE)...
com Maria de Lourdes dos Santos
curta duração
Yokoso Japan! Japonês para viagem...
com Maria de Lourdes dos Santos
Educarse
Titulo - TV Educarse
As flores da guerra
O filme "The Flowers of War", cujo título português é "As Flores da Guerra", chegou às salas de cinema chinesas no dia 15 de dezembro de 2011 e foi, nesse mesmo dia, indicado como candidato ao prêmio de melhor filme estrangeiro na 69ª cerimônia dos Globos de Ouro dos Estados Unidos. O enredo se desenvolve na época da invasão japonesa na China e tem como pano de fundo o infame episódio do massacre de Nanjing, ocorrido em 1937. O longa tem como protagonistas um padre norte-americano, um grupo de alunas universitárias da cidade e 13 prostitutas que para sobreviver no caos da guerra, se refugiam numa igreja e juntando-se aos soldados chineses, combatem um feroz duelo contra a violência das forças inimigas.

"The flowers of war" é o único filme da China continental a competir pela estatueta de melhor filme estrangeiro nos oscares de 2012. A direção ficou entregue a Zhang Yimou, um dos mais famosos diretores chineses da atualidade, que também dirigiu o filme "Herói", em chinês "Ying Xiong", também candidato ao prêmio de melhor filme estrangeiro na 75° cerimônia dos oscares, em 2003. A participação de Christian Bale, famoso ator de Hollywood, que ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante em 2011, na produção do filme, levará com certeza a uma maior visibilidade do mesmo.

Zhang teceu rasgados elogios ao ator norte-americano, que interpreta John
Miller na trama, um padre americano destacado em Nanjing. O diretor caracterizou Bale como um ator muito diligente, disponível para trabalhar noite fora sempre que necessário, bem além das 12 horas diárias estipuladas em seu contrato.

Ao lado de Bale, as personagens de 13 prostitutas, as flores da guerra do título, são o maior destaque do filme e motivo de grande interesse por parte dos cinéfilos. Na história, elas resgatam um grupo de alunas universitárias que se tentavam suicidar. Confrontadas com a invasão inimiga, estas 13 mulheres decidem dedicar as suas vidas para garantir a segurança de todos os membros da igreja. Yu Mo, uma das 13 moças, é uma das principais protagonistas do filme. Além de possuir uma beleza que não deixa ninguém indiferente, Yu Mo é corajosa e muito simpática. Esta prostituta é o interesse amoroso do padre americano e juntos protagonizam uma forte e inesquecível, ainda que pouco ortodoxa, relação de amor no écran.

Nini, uma jovem atriz nascida em 1988 em Nanjing, interpreta Yu Mo. Embora seja relativamente inexperiente no mundo da sétima arte, a atriz se empenhou na interpretação de sua personagem e procurou transmitir todas as emoções exigidas pelo papel. A sua encantadora aparência e o fato de falar fluentemente tanto inglês como o dialecto local, ambos usados pelas personagens no filme, ajudaram a torna-la na atriz ideal para o papel.
Nesta produção, o diretor quis apostar nos novos talentos, pois é na nova geração que se encontra o futuro da sétima arte do país. Metade dos atores são novas caras e através das suas interpretações, o público é levado a conhecer várias características da época em que se passa o filme, como por exemplo, o uso do Qi Pao, peça bem típica do vestuário feminino daqueles tempos.

"As flores da Guerra" contaram com o maior investimento alguma vez feito na história do cinema chinês, tendo os custos de produção atingido um valor total de cerca de 600 milhões de yuans, à volta de 100 milhões de dólares. O filme é a adaptação do romance homônimo da escritora Yan Geling, nascida em Shanghai na década 50 do século passado. Yan também assinou o roteiro do longa.

Enquanto o filme ainda estava em produção, os seus direitos de distribuição tinham já sido vendido no Festival Internacional de Cannes, em maio de 2011. O produtor executivo de "As flores da guerra", Zhang Weiping, acredita que a arrecadação de bilheteria do filme possa ultrapassar 1 bilhão de yuans, cerca de 160 milhões dólares. Para atingir esse objetivo, os produtores trouxeram peritos em efeitos especiais vindos dos EUA e do Reino Unido, para tornar o resultado final mais realista e espetacular e transformar as cenas de guerra em imagens bem intensas e memoráveis!

http://portuguese.cri.cn/693/2012/01/09/1s144640.htm
Dragao
EDUCARSE CURSOS - CULTURA E FILOSOFIA ORIENTAL
Rua Vergueiro, 727, 7° andar - sala 703. - São Paulo - SP
de segunda a sexta, das 10 às 17 horas.
contato@educarsecursos.com.br
desenvolvido por
Logo Webba